quinta-feira, 12 de março de 2009

Anjo da Guarda

Desde o primeiro dia da Laurinha aqui em casa, estamos utilizando essa babá eletrônica AngelCare, que é bem interessante.

Com ela ficamos mais tranqüilos, visto que a Laurinha dorme em seu próprio quarto e não queremos ficar correndo até ela a todo instante pra ver se está respirando, por exemplo, como acontece com muitos pais (sim, para quem não sabe, existe a famigerada SMSI, ou morte súbita, que deixa os pais ressabiados durante todo o primeiro ano de vida dos bebês.

Ela possui uma placa que é colocada sob o colchão e que fica monitorando a respiração do bebê. Se não for detectado nenhum movimento respiratório do bebê num intervalo de 20 segundos, um alarme é disparado. Isso é importante porque, de acordo com algumas pesquisas, alguns bebês não possuem a capacidade de se recuperar sozinhos quando inalam uma quantidade grande de dióxido de carbono que eles mesmos exalam quando, por exemplo, estão dormindo de bruços ou com um cobertor tapando o nariz, o que pode ser uma das causas da síndrome.

A babá também monitora temperaturas máxima e mínima do quarto, disparando alarmes se passar de uma faixa que os pais configuram no aparelho. Novamente, alguns estudos relacionam a síndrome com excesso de temperatura do bebê, quando está muito agasalhado ou o quarto muito quente, por exemplo.

Finalmente, ela monitora os sons do bebê, mas só transmite para o receptor se os sons ultrapassarem um limiar configurado pelos pais. Assim, não é qualquer gemidinho da Laurinha que vai nos acordar de noite :-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário