domingo, 22 de janeiro de 2012

Bubble Guppies!

A mais nova atração em casa, nas últimas semanas, tem sido um seriado da NickJr para crianças em idade pré-escolar chamado Bubble Guppies. Descobrimos no Youtube, nas listas de sugestões que aparecem quando estamos assistindo aos filminhos que a Laura mais gosta. Ela anda apaixonada e quase que só quer assistir a isso!

Bubble Guppies, da NickJr

Trata-se de uma animação em que um grupo de seis crianças (Molly, Gil, Goby, Deema, Oona e Nony) participam de várias aventuras no fundo do mar, imaginárias ou não, enquanto vão à escola. Na verdade, são seres com um rabinho de peixinho, como as sereias. E somente esses seis possuem parte humana. Todos os outros personagens são criaturas marinhas somente, como peixes, crustáceos e moluscos.

A série é ótima, muito bem feita e divertida e os personagens são muito bonitinhos. Seus dubladores são ótimos e cantam muito bem! Lembra um pouco os Backyardigans, pois há muita música, dança e imaginação. Mas o Bubble Guppies possuem um formato mais fixo. No início, a Molly e o Gil anunciam que "It's Time for Bubble Guppies!", sempre dentro de uma cena curtinha envolvendo o tema que será recorrente no episódio. Depois da música de abertura, eles chegam à escola e começa a parte didática, recheada de diversão e música. Há até agora 20 espisódios da primeira temporada e dois da segunda. A Laura já viu todos, e mais de uma vez.

Bubble Guppies na sala de aula com Mr. Grouper

A ideia de colocar "sereiazinhas" e "sereiozinhos" como personagens foi bem interessante, pois eles flutuam o tempo todo e, por isso mesmo, não ficam limitados como seriam se estivessem em terra. Eu achei que isso deu uma dinâmica diferente ao desenho animado. Por exemplo, se querem sair de um carro, simplesmente saem pela janela, flutuando. Não precisam abrir a porta, dar os passos necessários pra descer, etc. As cenas parecem mais fluidas (desculpem o trocadilho!) e eles parecem voar. A impressão que dá é que o desenho acaba se concentrando no que é mais importante: divertir e educar.

E eu falei "sair de um carro"? No fundo do mar? Sim, isso mesmo! As situações ocorrem todas como se fossem em terra, o que é bem estranho no início, mas a gente acaba se acostumando. Para dar uma ideia do que acontece nos episódios, sempre debaixo d'água, aqui vão alguns exemplos de cenas:

Corrida de carros entre os personagens, com cada carro de uma cor, como se fosse um estojo de lápis de cor. A ideia é passar por determinados obstáculos e combinar as cores dos carros para formar outras. Tudo isso debaixo d'água!




Viagem até as montahas para abastecer um caminhão com marshmellow que brota da terra. Isso para confeitar uma casinha que estão fazendo, com paredes e teto de biscoito, com o objetivo de alegrar um peixe ranzinza que não gosta de comemorar o Natal. Com direito a neve subaquática e tudo!


Viagem de avião para demonstrar às crianças o que é um aeroporto, pra onde vão as malas, como embarcar no avião, etc. Esse foi especialmente legal porque a Laura assistiu poucos dias após viajar de avião e parece que conseguiu relacionar direitinho com o que aconteceu na viajem.

Viagem ao espaço sideral para falar do sol, da lua e dos planetas. Dá uma introdução bem divertida às informações sobre o sistema solar. O detalhe é que, como tudo mais, o espaço sideral aqui também é debaixo d'água (olha só o rabinho de peixe da astronauta Deema aqui ao lado!)


Mas nessas coisas que soam meio absurdas, mas que se encaixam com perfeição nos episódios, há um conteúdo educacional muito interessante. Por exemplo, no episódio "Call a Clambulance", um peixinho "quebra" a barbatana e é dada toda uma aula de como nós possuímos ossos dentro do corpo, os quais ajudam a nos sustentar a nos mover. Em "Crayon Prix" eles falam das cores e como é possível combiná-las para formar outras. Em "Build Me a Building", eles precisam construir uma casinha de cachorro para o "Bubble Puppy" e falam de ferramentas e como é possível utilizá-las para construir coisas. E assim por diante. Todos os episódios têm algum tema educativo a ser explorado. E a Laura fica encantada! Deixou até o Super Why meio de lado!

Infelizmente, no momento em que escrevo, a série ainda não passa no Brasil. Compramos os episódios na Itunes Store e são bem baratinhos. A primeira temporada era em SD, mas a segunda, que está começando, já é em HD (720p). Gostamos muito de assistir com nossa baixinha.

Atualização após comentário da nossa amiga Pac: a série é exibida no Brasil, desde abril do ano passado,  pela Nickelodeon (na faixa "Nick Jr") de 2ª a 6ª às 7h30! Realmente não tínhamos esta informação.

6 comentários:

  1. Olá amigos!
    A série passa na Nickelodeon (na faixa "Nick Jr") de 2ª a 6ª às 7h30 (canal 44 da NET). Não sei se passa nos fins-de-semana...
    Daniel também adora!

    Abraços,
    Pac

    ResponderExcluir
  2. Ei, Pac! Obrigada pela dica, atualizei o post com sua informação.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Queridos!
    Como está dona Lolly??
    E a nova turma? Os novos amigos?
    Que saudadinhas!
    Bj.
    Nella

    ResponderExcluir
  4. queria descobrir onde encontro as musicas em portugues! alguem sabe? minha filha tb adora! rsss

    ResponderExcluir
  5. Minha pequena de apenas seis meses adora o desenho... quando começa a abertura ela chega a dar pulinhos na cadeirinha!!!

    ResponderExcluir
  6. Alguem sabe onde acho as musicas, pois quero fazer o aniversario de minha pekena de 2 anos com o Bubble Guppies que ela adora.

    Obrigado.

    ResponderExcluir