domingo, 14 de dezembro de 2014

Evolução do vocabulário 2014

Fizemos recentemente uma nova avaliação do vocabulário, utilizando o mesmo site que temos utilizado nos últimos anos. A Laura está crescendo e a expectativa é que seu vocabulário esteja aumentando bastante. Além disso, eu e a Junia estamos sempre lendo material em inglês e ouvindo audiobooks. Sendo assim, é bem interessante ter uma avaliação do como temos progredido.

Nossos resultados foram os seguintes, o que indica que todo mundo melhorou:

Laura: 6.840
Mamãe: 15.100
Papai: 20.600



Eu achei meu aumento exagerado e, com certeza, há alguma distorção. Fiz o teste três vezes e peguei a mediana. Eu costumo ler muito e anotar todo vocabulário novo que aprendo para tentar não esquecer. Mas tenho certeza de que não aprendi quase três mil palavras em um ano. No máximo um terço disso. Para comparar, fiz o teste usando o VocabularySize.com, e atingi 18500, que é mais próximo do que eu esperava, apesar de ser outra metodologia e os valores não serem comparáveis de forma direta.

Percebi também que está mais difícil fazer o teste no lugar da Laura pela grande quantidade de palavras de sentido abstrato que começam a aparecer no teste. Se por um lado é relativamente fácil avaliar se ela conhece uma palavra de sentido concreto, como o substantivo "beam" (raio, facho) ou o verbo "dig" (cavar), não é nada fácil estimar se ela sabe o que significa algo abstrato como "contempt" (desprezo).

Como o teste é baseado em um conjunto limitado de palavras e faz uma extrapolação, é bem possível que ela saiba muito mais do que imaginamos. Principalmente porque ela não tem nenhuma dificuldade em assistir filmes e seriados infantis em inglês. Talvez ano que vem ela mesma já consiga fazer o teste!

Nenhum comentário:

Postar um comentário