segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Primeiro exame de sangue da Laura (ouch!)


A Laura está há vários dias com uma irritação nas mãos e que agora passou também para os pés. São manchinhas vermelhas e um pouco inchadas cobrindo as palmas e as solas e que coçam, mas não muito. Usamos várias pomadas e começamos a usar Hixizine. Mas hoje de manhã parecia que tinha piorado e decidimos levá-la ao Santa Helena. 

O hospital estava uma bagunça, como sempre, com só um guichê para a pediatria, em ordem de chegada, mas sem ninguém atendendo! As pessoas chegavam e furavam fila em outros guichês, etc. Depois as atendentes disseram que é assim mesmo! 

Bom, então depois de quase duas horas lá a Laura foi atendida. Já entrou no consultório chorando! Na verdade, ela já começou a dizer "I'm so sad!" assim que entramos no hospital. Antes disso ela estava super bem. Parecia que se lembrara de quando costumávamos vir a este mesmo hospital para tratar de sua queimadura nas mãos, há dois anos atrás. 

No consultório ela não queria deixar a médica pegar sua mão. Tivemos que forçá-la. A médica deu umas recomendações sobre a melhor pomada e para manter o Hixizine. Pediu um exame de sangue que fizemos na hora. Aí é que foi o maior sofrimento! 

Chorava pedindo pra ir pra casa enquanto a enfermeira procurava sua veia. Conseguiu achar uma e tivemos que segurá-la muito forte. A coitadinha gritava e esperneava demais, sem entender o que ocorreia! E quando a agulha entrou, ela berrou! E dizia: "Mamãe! Machucou! Mamãe!" Deu dó demais! Ficou inconsolável quando acabou. Tentamos explicar depois que aquilo era um exame e que precisavam olhar o sangue da Lolly. Mas ela ficava emocionada e chorava de novo só de lembrar. 

Fomos pra casa com ela no colo da Junia. Em casa ela já estava melhor. Brincamos e até ensaiamos o exame, com ela fingindo que tirou sangue de nós. E nós reclamando que doeu, mas agradecendo a ela porque iria examinar nosso sangue e dizer se estava tudo bem. Trocamos de papel várias vezes.

De tarde eu fui pegar o exame e havia um pequeno aumento em uma das células da série branca. Provavelmente relacionada ao sintoma. Mais tarde descobriríamos que teria sido mesmo virose que acabou catalisando uma dermatite. Mas nada de grave.


Quem dera se todos os momentos pudessem ser de alegria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário