segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Onze Meses!!!

Bom, vamos às habilidades atuais da nossa pequenina após onze meses:


  • Já se solta sozinha e dá alguns passinhos há vários meses. Anda para tudo que é lado segurando nos móveis, nas paredes ou nas nossas pernas, mas ainda não tem coragem de se soltar totalmente. Chega a dar uns passinhos sem segurar, para ir de um móvel para outro, ou de uma parede a outra, mas não sente segurança se não estiver próximo a algum apoio. Mas falta muito pouco!
  • Corre o tempo todo pela casa! Só anda em disparada e dando gritinhos ou "cantando". Quanto a engatinhar, já domina totalmente: engatinha para frente e para trás e já consegue correr bem rápido nessa posição.
  • Aumentou a quantidade de sílabas que consegue vocalizar normalmente. Consegue juntar várias sílabas e fica repetindo. Às vezes também fica cantarolando! Por exemplo, consegue cantarolar a introdução da música da Galinha Pintadinha, fazendo "có-có-có-có-có...có-có-có-có-có..." e acerta a melodia! É tão lindinho que até colocamos o vídeo aqui :-)
  • Sua primeira palavra completa foi "neném". Sempre que vê alguma foto de neném ela fala. Também repete essa palavra incessantemente quando está "cantando" :-) Outras duas palavras (muito importantes, por sinal!) que ela aprendeu foram "papai" e "mamãe". Ainda não saem direitinho, mas quando me vê, ou vê uma foto minha, por exemplo, quase sempre fala "papai".
    • Também já fala mais ou menos os nomes de alguns bichinhos de pelúcia: a sapinha Kiki e o cachorrinho Cacau. Já o cachorrinho Gregg, que ela adora, fala algo como "Gué".
    • Já entende "tchau" e "bye bye". Sempre que ouve, balança a mãozinha. Mesmo quando é dito rapidamente por alguém na TV, por exemplo.
    • Já fala byebye! A primeira vez que falou tomamos um susto. Na hora de dormir, sempre andamos com ela pela casa apagando as luzes e nos despedindo dos cômodos e de alguns objetos, como a TV e os brinquedos da sala. E como à noite só conversamos em inglês em casa, falamos "byebye". E outro dia ela começou também a falar byebye, e foi tão direitinho que ficamos até espantados :-) Costumamos sempre colocar a mesma música (Somewhere Beyound the Sea, com Frank Sinatra) na hora do banho dela. No finalzinho da música, ele sempre fala "So long sailing, bye bye sailing!" E não é que a danadinha já percebe que a música está terminando e já diz byebye antes mesmo do cantor dizer!
    • Toma iniciativa de brincar conosco. Por exemplo, se deita com o rostinho de lado olhando para nós, esperando alguma reação.
    • Já aponta o dedinho na direção dos objetos e segue nosso dedo quando apontamos para alguma coisa (antes ela olhava para o dedo e não para o objeto apontado).
    • Já identifica alguns animais (por exemplo, quando lhe mostramos uma figura com bichinhos e fazemos "moo", ela aponta para a vaquinha, "quaqua" para o patinho, etc).
    • Diverte-se bastante quando abrimos uma folha de flip-chart e ficamos desenhando para ela. Particularmente ela gosta de figuras geométricas com carinhas (como "As Formas", ou "The Shapes", do Mr. Maker).
    • Já segura o giz de cera e consegue fazer riscos na folha de flip chart.
    • Gosta de nos ver desenhando com marcador no quadro branco e já toma iniciativa de fazer uns rabiscos! Mas claro, ainda não sabe que o marcador tampado não escreve :-) Inclusive resolvemos publicar seu primeiro "desenho", que ela fez sozinha! Dávamos a ela o pincel e ela esticava o bracinho e começava a rabiscar. Rabiscava por poucos segundos e depois soltava. Aí pegávamos outro e repetíamos o processo.
    • Acompanha alguns gestos de musiquinhas, como bater palmas, sacudir as mãos, bater na barriga ou batucar.
    • Parou de jogar no chão os bichinhos e objetos que colocamos de vez em quando no berço para ela brincar. Agora ela fica é brincando com eles e "repetindo" seus nomes.
    • Quando abraçamos e beijamos um bichinho, demonstrando carinho, e o damos a ela, ela faz o mesmo. Também finge falar ao telefone quando nos vê fazendo. Na verdade, usa qualquer coisa como se fosse telefone :-)
    • Tenta escalar os móveis. Por exemplo, quando está de fora do berço, segura na grade, põe o pezinho num apoio e puxa o corpo, subindo :-) Claro, a escalada para por aí, pois ainda falta muita papinha pra ela conseguir chegar lá em cima!
    • Na natação, não tem nenhum problema em submergir. Por exemplo, segura na borda só com uma das mãos para pegar algum brinquedo e às vezes acaba soltando e afundando; pula na água quando a chamamos; solta a borda para vir em nossa direção, afundando;
    • Já consegue assoprar na superfície da água da piscina para fazer bolhas. Não é sempre que faz, mas já fez várias vezes.
    • Passa as folhas dos livros e revistas direitinho, sem rasgar. Claro, às vezes se atrapalha um pouco e passa várias de cada vez. Mas quando a ajudamos e levantamos ligeiramente a folha, ela consegue passar uma a uma, enquanto vamos comentando os desenhos para ela. Adora esse tipo de atividade. Ela passa tão direitinho que, de mais de 10 livrinhos que ela tem, só rasgou até hoje umas duas folhas (e de livros em papel comum, de folhas finas).


    • Cada vez mais dá demonstrações de carinho conosco, deitando a cabeça no nosso colo ou abraçando nossas pernas quando estamos de pé, por exemplo.
    E, com todos esses desenvolvimentos, a danadinha ainda não tem nenhum dentinho! As gengivas parecem bem inchadas como se fosse apontar um a qualquer momento. Já desistimos e achamos que ela vai ser banguelinha mesmo :-) Brincadeiras à parte, o pediatra disse que é normal, em alguns casos, o primeiro dentinho apontar um pouco depois de um ano. Pelo andar da carruagem, achamos que vai ser isso que vai acontecer!

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário