quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Chuchu é um sucesso!

Faz algum tempo venho desconfiando do interesse da Isabella por comida. Ela anda olhando com atenção quando nos vê comer e até tenta por a mão na minha boca. Ou pegar o copo se estiver bebendo algo. Por outro lado, poderia não ser um interesse especial, já que ela é muito curiosa com tudo.

Em nossa consulta de 5 meses, comentamos isso com a pediatra. E também relatamos outros progressos, como o fato de ela já estar sentado, virando, começando a se arrastar, com medo de estranhos... Marcos mais característicos de um bebê de 6 do que de 5 meses.

Sentando e arrastando

A Dra. Bernardete nos explicou que o protocolo atual para a introdução de sólidos baseia-se mais no desenvolvimento da criança. Assim, a decisão de quando começar os sólidos não seria exatamente a partir dos 6 meses. Poderia ser antes ou depois, dependendo dos sinais do próprio bebê. 

No caso da Isabella, já teríamos condição de avaliar. Se ela realmente estivesse pronta, poderíamos aproveitar para fazer uma introdução de solidos mais gradual até meu retorno ao trabalho.  A proposta da Dra. foi selecionar alguns dos legumes que seriam introduzidos no próximo mês, para começarmos agora. 

Assim, hoje Isabella comeu suas primeiras colheradas de chuchu amassadinho e sem tempero no almoço. Dei um pouquinho só. Achei que ela aceitou bem. Nós a deixamos bagunçar, por a mão, brincar com a colher. Assim que ela começou a rejeitar, paramos. Como disse a pediatra, é importante que ela explore a comida com os outros sentidos, além do paladar.

Huuumm... Chuchu!

Fiquei feliz também com o fato das orientações da Dra. Bernardete estarem alinhadas com muito do que li no livro My Child Won't Eat! (Meu Filho não Come!), do pediatra Carlos Gonzales. Desde que li seu livro Kiss me! , fiquei fã!!

No jantar, a danadinha comeu o mesmo pouquinho com voracidade! Tive que fazer mais às pressas...

Amamentar a Isabella tem sido tranquilo. Só que agora não é mais amamentação exclusiva. Nosso bebê está crescendo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário