terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Andadores? ...acho que não!

Há dois meses compramos dois modelos de andadores para ver ajudávamos a Laura a andar sozinha (e para aliviar as dores em nossas costas :-) O problema é que ela não se adaptou a nenhum deles...

O primeiro é aquele convencional, com cadeirinha, que os pediatras não recomendam por diversos motivos. Mas alguns pediatras dizem que não tem nada a ver. Depois de ler um pouco sobre o assunto, percebi que é inconclusivo se faz mal ou não, apesar de a maioria dos pediatras dizer que não é recomendável. Como gosto de objetividade e essa discussão estava me cheirando a impressões abstratas, e não a constatações científicas, deixei as divagações dos pediatras de lado e resolvi comprar assim mesmo. Mas a Laura não gostou. Ela até que se move nele, mas sempre para trás :-) Também parece que não gosta de se sentir presa nele, pois logo começa a reclamar para sair, tadinha!

De 2009-12-11

O segundo é daqueles que o bebê empurra, como se fosse um carrinho. Também não deu certo, pois ela parece não ter muita confiança nele em termos de estabilidade. De fato, quase caiu algumas vezes quando ele rolou pra frente enquanto ela não o acompanhou.

De 2009-12-07

Resumindo, achamos que ela já está quase andando e pelo menos o primeiro andador não deverá ser necessário. Talvez o segundo ainda venha a ser usado, como um auxílio quando ela tiver mais confiança em dar seus passos sozinha. Vamos ver!

Nenhum comentário:

Postar um comentário